"A CLINVET é um hospital veterinário 24 horas que cuida do seu pet com
competência e amor" Dra. Paola Américo

 

ATENDIMENTO
24 HORAS

dog id_ratio

A caixinha de documentos do Totó

No caso de uma emergência, caso você tenha que correr com seu bichinho para um hospital ou viajar com ele, é muito importante que você tenha os documentos do pet reunidos.

 

Pegue uma caixinha. Essa, a partir de agora, vai ser a “Caixinha do Totó”. Nela, estará reunida toda a documentação do seu amigo, assim como as informações importantes relacionadas a ele.

 

Fixada à tampa da caixa, mantenha uma lista com todo o conteúdo. De tempos em tempos, essa lista deve ser checada para que prazos de validade não expirem e você não fique na mão no caso de precisar de algum item que esteja faltando.

 

Providenciada a caixa e o papel na tampa? Então, vamos à lista de documentos do Totó.

 

  • O primeiro e mais importante de todos, sempre: a carteira de vacinação; essa deve estar atualizadíssima!!! É o que vai garantir a tranquilidade pra todos, porque além do Totó estar com a saúde em dia, com a carteirinha em dia o bichinho pode cruzar fronteiras com o dono sem problemas burocráticos.
  • Uma lista de medicamentos e dosagens. Esse papel deve ser feito, caso o seu animal de estimação tenha uma condição médica que requer tratamento regular ou já tenha apresentado algum quadro preocupante de saúde.
  • Todos os exames feitos ao longo da vida do Totó e receitas médicas. Esses documentos devem ser acumulados nessa mesma caixinha em ordem cronológica, de forma simples, somente com um ‘grampo’ mesmo. Cria-se, assim, um histórico médico do animal.
  • Um cartão com um número de telefone para um Centro de Controle de Intoxicações. Afinal, uma das emergências pode ser envenenamento.
  • Nome, número de telefone e endereço do seu médico veterinário e/ou de algum hospital próximo. Você até pode saber de cor e salteado, mas seu filho, seu marido ou a moça que trabalha na sua casa não… e outra: a gente nunca sabe como nossa memória age na hora no nervosismo. A caixinha está aí pra isso, para recorrermos!!
  • Seu nome e seu número de telefone – afinal, emergências acontecem até quando você não está presente!! Quem estiver na sua casa, responsável pelo cuidado do pet naquele momento, pode entrar em contato;
  • Por fim, caso haja, o principal documento, o documento conhecido como “RG DO TOTÓ”: o Pedigree. Esse documento não é exigido em hospitais – nem em instituições que tratam da saúde canina – ou em fronteiras – para questões gerais de locomoção do bichinho -, é algo que se refere mais à raça pura do animal. Entenda abaixo.

 

O que é Pedigree

 

Pedigree é um registro genealógico de animais de pura raça e assegura ao dono e a outros que aquele cachorro é raça pura. Um cão com pedigree possui um temperamento e caráter mais previsíveis. Esse documento legal também é importante para quem quer cruzar o cachorro no futuro e vender os filhotes, pois os cachorros de raça pura são mais valorizados. O pedigree deve ser emitido pelo Kennel Clube ou por um clube da raça do seu cachorro. É importante que ele seja retirado em entidades afiliadas a Confederação Brasileira de Cinofilia ou CBKC. Essa confederação é a única que é reconhecida internacionalmente e que traz legitimidade ao documento do seu cão.

 

Como tirar o documento – Caso você tenha comprado um cachorro de raça pura sem o pedigree você pode tirar o documento caso os pais do cachorro tenham pedigree e o dono da mãe tenha canil registrado. Caso esse não seja o caso, depois de seis meses de vida o cachorro deve ser avaliado no Kennel Clube para que ele possa receber o Pedigree Inicial ou Registro Inicial. O documento do pedigree fica pronto em aproximadamente sessenta dias, mas alguns kennel clubes conseguem tirar o documento na hora se o caso for simples. Muitos kennel clubes usam ainda do artifício dos microchips. O documento deve ter quatro gerações do cachorro, o número de identificação do microchip e do DNA do cão (caso tenha), o número da ninhada registrada pelo criador, uma foto do cachorro e sua impressão digital.

 

Os preços variam de kennel clube para kennel clube, em média, um registro de até três meses custa trinta reais, acima de três meses e antes de sete meses custa entre trinta e cinco e quarenta reais, mais de sete meses, quarenta e seis reais. O registro inicial custa em média cinquenta reais, indo para cem com o microchip.