"A CLINVET é um hospital veterinário 24 horas que cuida do seu pet com
competência e amor" Dra. Paola Américo

 

ATENDIMENTO
24 HORAS

pidao 04a

Quem resiste ao olhar de pidão dos filhotes?? Eu!!! E espero que você também…

Por melhor que seja seu olfato, acredite, o do seu cãozinho é muitas vezes melhor. E não adianta se esconder, ele sabe que você está comendo algo bem atrativo e vai atrás de ti com o modo pidão – quase irresistível – ativado. Em outras palavras, aquele olhar igual ao do gatinho do sherek, uma linguinha pra fora e até uns chorinhos.

 

Mas você ama seu bichinho e deve ser firme e forte.

 

E quer uma boa saída?? Ofereça uma fruta!

 

Elas são liberadas após os seis primeiros meses, quando o cão já estiver vacinado e vermifugado.

 

Só tem que lembrar de tirar os caroços sempre, ok? A casca é opcional, pode deixar porque são ricas em fibras, mas isso vai muito do paladar de cada bichinho.

 

As frutas ajudam no funcionamento do intestino. E sempre vai ter alguma que eles vão adorar… mas também outras que nem uma lambidinha vão dar. A minha Malala, por exemplo, só de cheirar banana, me dá uma encarada e vira as costas.

 

Mas logo descobri que ela adora várias outras. Mas só as permitidas!!! Sim, porque tem uma que deve passar longe deles. A uva.

 

Lembro da recomendação da médica veterinária Paola Américo quanto ao assunto: as uvas podem causar vômito, diarreia, polidipsia – que é quando aumenta o consumo de água, e o pior: complicações nos rins e falência renal.

 

O abacate é melhor deixar de fora da lista de vez também, já que tem muita gordura e pode causar diarreia.

 

Outros exemplos: banana, manga, mamão. Essas, podemos oferecer, mas não todos os dias, porque são muito calóricas.

 

As frutas cítricas, como laranja, mexerica e limão, também deve ser dadas com moderação, porque fazem mal à mucosa gástrica do animal.

 

Mas tem aquelas frutinhas liberadas sempre. São elas, pera, maçã, melancia e melão. São pouco calóricas e bem nutritivas, também contém muito líquido – o que é ótimo.

 

A veterinária indica oferecer entre as refeições. Assim, eles não vão chegar na hora da refeição desesperados por comida.

 

Outro ponto positivo pra fruta. Se o cão estiver gordinho, as frutas podem ser boas aliadas para perda de peso, já que ajudam na digestão e dão a sensação de saciedade.

 

 

Cristiane Amaral é jornalista, pós-graduada em marketing. Foi repórter da TV Tribuna, em Santos, e atualmente da TV Globo, em São Paulo. É mãe da Malala, uma maltês conectada nas redes sociais @malala_dog.